Memória de atos regulatórios na comunicação na UFRGS: uma proposta analítica

  • Ana Luiza Coiro-Moraes
  • Édina Maria da Rocha Ferreira
Palavras-chave: Memória institucional, Cultura, Regulação da Comunicação.

Resumo

Referendando-se teoricamente em Hall (1997), este artigo propõe uma reflexão sobre os atos regulatórios relativos ao setor de comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com ênfase na memória da Assessoria de Imprensa. Através de pesquisa documental, examinamos as atribuições e os objetivos pelos quais a Universidade e o setor foram regulados, detendo-nos nos períodos ditatoriais e sob o neoliberalismo, concluindo que se nestes a tendência é a desregulação, as ditaduras se caracterizam pela regulação da cultura. Finalmente, discutimos, nos dias de hoje, como a Assessoria de Imprensa vem sistematizando atividades e criando normas e políticas para sua atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
22-12-2015
Como Citar
Coiro-Moraes, A. L., & Ferreira, Édina M. (2015). Memória de atos regulatórios na comunicação na UFRGS: uma proposta analítica. E-Compós, 18(3). https://doi.org/10.30962/ec.1201
Seção
Dossiê Temático