A desconfiança como elemento de reflexividade no cinema de Christian Petzold

  • Pedro Maciel Guimarães
  • David Ken Gomes Terao
Palavras-chave: cinema alemão, teoria e estética do cinema, gêneros cinematográficos.

Resumo

O artigo investiga como a desconfiança se apresenta enquanto um elemento fundamental na obra de Christian Petzold, analisando os diferentes níveis em que ela se faz presente: uma condição política que existente em meio às narrativas; uma estratégia para um jogo atoral autoconsciente; e um meio pelo qual se cria distanciamento no espectador. Petzold dá continuidade às propostas estéticas de Douglas Sirk e Rainer Werner Fassbinder, ao utilizar o domínio dos gêneros cinematográficos enquanto um terreno para um cinema político, buscando uma encenação que expõe os processos sociais e históricos que formam a sociedade retratada em seus filmes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
21-12-2018
Como Citar
Guimarães, P., & Gomes Terao, D. (2018). A desconfiança como elemento de reflexividade no cinema de Christian Petzold. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.1468
Seção
Ahead of Print