O zumbi no imaginário mediático: Zumbi e Pulsão de Morte na Sociedade Mediática

Palavras-chave: Imaginário, Sociedade Mediática, Zumbi

Resumo

Este trabalho trata da figura do zumbi na mídia eletrônica, e propõe como pergunta: o zumbi é uma metáfora do homem atual? Realizou-se uma coleta de dados quantitativos e uma análise de produtos mediáticos (seriados, filmes, jogos e notícias). Investigamos as recorrências da figura do zumbi, identificando como ela se constrói, desde sua origem na mitologia até os produtos mediáticos em busca da constelação de um padrão do imaginário. Como referencial teórico utilizou-se a teoria do imaginário e a teoria da mídia, entre outros; que revelaram uma relação entre a constelação imaginária da figura do zumbi e o que se pode considerar uma pulsão de morte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Malena Segura Contrera, Universidade Paulista
Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - UNIP, realizou estágios de pesquisa em Sevilha, Espanha, sobre Política da Comunicação e em Viena, Áustria, sobre Multiculturalismo e Mídia. Atualmente é professora titular do curso de mestrado em Comunicação da Universidade Paulista. Foi durante vários anos (até 2006) professora da Faculdade de Comunicação e Artes da Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde implantou e coordenou o curso de Jornalismo (1999 a 2004). Seus interesses de pesquisa são Teoria da Comunicação, Culturas arcaicas, Cultura contemporânea, Mídia eletrônica (televisão em especial), Mitologia. É autora dos livros O mito na mídia (1996), Mídia e Pânico (2002), Jornalismo e Realidade (2004), e de diversos outros artigos e capítulos de livros em coletâneas e revistas científicas, tanto no Brasil como no Chile e na Espanha. É membro do Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Semiótica da Cultura e da Midia, da PUC/SP (CISC) desde sua fundação (1992), e atual líder do Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura, da UNIP (desde 2005). Coordena atualmente intercâmbio de pesquisa com as Universidade chilenas Austral de Valdívia e Playa Ancha de Valparaiso. Currículo Lattes
Leonardo Torres, Universidade Paulista - UNIP
Doutorando em Comunicação e Cultura Midiática da Universidade Paulista de São Paulo. Bolsista CAPES PROSUP. É também mestre em Comunicação pela mesma universidade. No mestrado, foi gratificado com Bolsa da CAPES PROSUP - dedicação exclusiva. É Representante Discente no Doutorado. Possui graduação em Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda pelas Faculdades Dom Bosco do Rio de Janeiro. Produziu eventos como TEDxAEDB e IX Simpósio da ABCiber. Pesquisa o imaginário técnico e tecnológico, a tecnossacralidade e suas relações na sociedade e na cultura. E também, pesquisa o Contágio Psíquico e Imaginário. É membro do Grupo de Pesquisa Mídia e Imaginário. E ainda, é/foi docente na pós-graduação e na graduação da UNICID, UMC e UNIP. ReseacherID: G-7222-2018.
Publicado
21-12-2018
Como Citar
Contrera, M., & Torres, L. (2018). O zumbi no imaginário mediático: Zumbi e Pulsão de Morte na Sociedade Mediática. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.1599
Seção
Ahead of Print