[1]
C. S. Fernandes, F. C. Trotta, e M. M. Herschmann, “Não pode tocar aqui!? Territorialidades sônico-musicais cariocas produzindo tensões e aproximações envolvendo diferentes segmentos sociais”, EC, vol. 18, nº 2, set. 2015.