[1]
M. Barbosa, “Televisão, narrativa e restos do passado”, EC, vol. 8, jun. 2007.