[1]
R. Carreiro, “O papel da respiração no cinema de horror contemporâneo”, EC, vol. 23, abr. 2020.