[1]
M. C. P. Mungioli e A. Lopes da Silva, “Carnavalização e grotesco na minissérie Amorteamo: uma análise das produções de sentido”, EC, vol. 23, abr. 2020.