[1]
A. L. S. Enne, “Memórias globalizadas e a construção dos futuros possíveis”, EC, vol. 1, jun. 2004.