[1]
G. da Silva, “Sobre a imaterialidade do objeto de estudo do Jornalismo”, EC, vol. 12, nº 2, out. 2009.