O vídeo, o diário íntimo e a rememoração em 365 Day Project (Jonas Mekas, 2007)

  • Rafael Valles Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PPGCOM-FAMECOS)
  • Cristiane Freitas Gutfreind Coordenadora e professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da PUCRS e pesquisadora do CNPq.
Palavras-chave: Vídeo-Diário. Memória. Jonas Mekas.

Resumo

Este artigo procura analisar de que forma a relação entre vídeo e diário íntimo contribui para o entendimento do processo de rememoração (GAGNEBIN, 2006, 2014) construído por Jonas Mekas em 365 Day Project (2007). A partir da afirmação de que a obra de Mekas contempla diferentes formas para pensar a construção da memória, serão analisados vídeos que procuram problematizar a relação do autor com o dispositivo técnico e a maneira como constrói a sua autorrepresentação através do entrecruzamento do presente e do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Valles, Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PPGCOM-FAMECOS)
Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PPGCOM/PUCRS). Foi bolsista pela CAPES (2014-2018). Realizou em 2017 estágio de Doutorado Sanduíche (Bolsa PDSE-CAPES) no Departamento de Periodismo y Comunicación Audiovisual, na Facultad de Humanidades, Comunicación y Documentación, na Universidad Carlos III de Madrid.
Cristiane Freitas Gutfreind, Coordenadora e professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da PUCRS e pesquisadora do CNPq.
Coordenadora e professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da PUCRS e pesquisadora do CNPq.
Publicado
21-12-2018
Como Citar
Valles, R., & Freitas Gutfreind, C. (2018). O vídeo, o diário íntimo e a rememoração em 365 Day Project (Jonas Mekas, 2007). E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.1521
Seção
Ahead of Print