Comunicando diferenças: os processos de hibridização a partir da leitura de la différance nos Estudos Culturais

  • Regiane Regina Ribeiro
  • Anderson Lopes da Silva
Palavras-chave: Cultura, Hibridização, La différance, América Latina

Resumo

Este artigo discute o conceito de hibridização a partir da perspectiva teórica dos Estudos Culturais. A abordagem inicia-se por Jacques Derrida, com a discussão acerca da natureza dividida do signo, la différance, e continua pelos entendimentos consensuais (e alguns dissensos) do que é “ser híbrido” para os teóricos Stuart Hall e Homi Bhabha – localizando, sempre que possível, as reflexões no contexto da América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
26-05-2015
Como Citar
Ribeiro, R. R., & Silva, A. L. da. (2015). Comunicando diferenças: os processos de hibridização a partir da leitura de la différance nos Estudos Culturais. E-Compós, 18(1). https://doi.org/10.30962/ec.1026
Seção
Cultura