Sonhos Pop: criação, aura e carisma na música moderna portuguesa

  • Paula Guerra
Palavras-chave: Carisma, Arte, Criação artística e musical, Música pop, Biografias

Resumo

É conhecido o interesse das biografias musicais. Para além de serem o móbil para o desenvolvimento de muitos trabalhos de investigação, são fundamentais para a consolidação dos consumos musicais e para a própria sedimentação dos pilares da indústria musical, do star system e da pop music. Ao abordarmos a história de vida de João Peste, músico e performer português de um relevante projeto musical na área do pop alternativo, procuramos salientar que o objeto de estudo da sociologia não é, desde logo, o artista singular nem a relação entre o artista e a sua escola e entourage, mas o conjunto das relações objetivas e interacionais entre o agente cultural e outros agentes culturais envolvidos na produção do valor social da obra (críticos, jornalistas, promotores, managers, etc.). A abordagem deste artista e da sua obra prende-se, neste contexto, com a resposta à questão: “quem afinal cria os criadores” na pop arte?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
26-05-2015
Como Citar
Guerra, P. (2015). Sonhos Pop: criação, aura e carisma na música moderna portuguesa. E-Compós, 18(1). https://doi.org/10.30962/ec.1101
Seção
Som