Comunicação e sociabilidade no metrô de Paris: aspectos de um regime de interfaces

  • Janice Caiafa

Resumo

Consideramos o metrô como um meio ambiente marcado por um forte componente tecnológico e como um medium, por onde circulam mensagens e pessoas. Com esta inspiração e através de pesquisa etnográfica, apresentamos alguns resultados do trabalho sobre as linhas automáticas (sem condutor humano) do metrô de Paris, que teve o apoio da CAPES. Com a automatização, há uma reconfiguração do conjunto de interfaces que se estabelecem no dia a dia da operação e das viagens de metrô. Concentramo-nos no limiar particularmente sensível entre o trem e a plataforma e examinamos as interfaces que se constroem entre usuários, agentes e maquinismos, e que geram uma sociabilidade característica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Caiafa, J. (2015). Comunicação e sociabilidade no metrô de Paris: aspectos de um regime de interfaces. E-Compós, 18(3). https://doi.org/10.30962/ec.1241
Seção
Cultura