“Se esta rua fosse minha...” O papel das paisagens sonoras e musicais nas manifestações políticas

  • Heloísa de Araújo Duarte Valente

Resumo

A preocupação central deste trabalho encontra-se em apresentar aspectos particulares das linguagens audiovisuais – especialmente, sonoras – na composição do signo complexo; como seu potencial semântico é capaz de produzir modos de sentir, pensar e agir. Referências teóricas, como conceitos de Murray Schafer (paisagem sonora, imperialismo sonoro), Delalande (som), Zumthor (performance), além de estudos de caso sobre manifestações populares de teor político ocorridas nas vias públicas permitirão analisar dois jingles compostos para a campanha publicitária da montadora Fiat (2014). A análise dos elementos formais da composição musical e sua performance aponta como estes contribuíram, de maneira eficiente, para que o jingle se convertesse em hino, de alta capacidade de mobilização social. Em outras palavras: como o caráter estético (contemplativo) da composição se converge em ação, em manifestação política.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
de Araújo Duarte Valente, H. (2015). “Se esta rua fosse minha.” O papel das paisagens sonoras e musicais nas manifestações políticas. E-Compós, 18(3). https://doi.org/10.30962/ec.1243
Seção
Dossiê Temático