Uma breve história da felicidade na publicidade nacional (1960-2010)

  • Henrique Moreira Mazetti
Palavras-chave: Publicidade, Felicidade, Moralidade

Resumo

O artigo tem o objetivo de apresentar e discutir as transformações nas representações de felicidade em anúncios publicitários veiculados nas revistas Veja e O Cruzeiro entre 1960 a 2010, com o intuito de refletir sobre os valores morais que informam o discurso publicitário nacional. Identificamos três momentos que marcam formas diferentes de representar a felicidade nos anúncios: 1) uma associação da vida feliz à experiência coletiva da família ou da nação; 2), uma aproximação da noção de vida plena à exibição de status social; 3) a sedimentação das relações entre felicidade e autoexpressão. Por fim, tais alterações são interpretadas a partir de trabalhos de autores como MacIntyre, Taylor e Lipovetsky.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
28-12-2016
Como Citar
Mazetti, H. M. (2016). Uma breve história da felicidade na publicidade nacional (1960-2010). E-Compós, 19(3). https://doi.org/10.30962/ec.1263
Seção
Artigos Originais