Crise política e conflitos discursivos em redes sociodigitais: emoções, cultura e identidade no Brasil contemporâneo

Palavras-chave: Impeachment. Emoções. Identidade cultural brasileira.

Resumo

O contexto do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff aponta um período de reconfigurações nas sociabilidades brasileiras que perpassa toda a constituição da vida social, frente a um cenário marcado por crises políticas e econômicas. Considerando esse panorama, observa-se as conversações estabelecidas no post mais comentado da Revista Veja no Facebook no dia do julgamento do processo de impeachment de Dilma Rousseff, destacando a abordagem etnometodológica sobre a análise da conversa. Os resultados indicam a forte presença das emoções na tessitura e produção de sentidos das conversações, as quais apontam incongruências com significados anteriormente representativos da sociedade brasileira como sendo alegre, cordial e acolhedora. No curso dos acontecimentos em questão, emergem e transitam discordâncias, conflitos e ondas de raiva mobilizadas pelos atores envolvidos, constituindo sensos e horizontes de moralidade e justiça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geilson Fernandes de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Doutorando em Estudos da Mídia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestre em Ciências Sociais e Humanas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
Maria das Graças Pinto Coelho, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Pós-doutora em Comunicação e Cultura (UFRJ). Professora/pesquisadora dos programas de pós-graduação em Estudos da Mídia (PPGEM) e em Educação (PPGED) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Publicado
21-12-2018
Como Citar
de Oliveira, G. F., & Pinto Coelho, M. das G. (2018). Crise política e conflitos discursivos em redes sociodigitais: emoções, cultura e identidade no Brasil contemporâneo. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.1557
Seção
Ahead of Print