Negotiating legitimacy: media publics and security policy in multi-ethnic Britain

  • Marie Gillespie
Palavras-chave: Guerra do Iraque, Déficit de legitimidade, Audiências de programas

Resumo

Este artigo examina como públicos de origem multi-étnica debatem questões de legitimidade. Ele explica o profundo ceticismo envolvendo a guerra do Iraque (2003) e a subseqüente política de segurança, não somente em termos da diminuição na confiança no Primeiro Ministro Tony Blair, mas também do corrosivo “déficit de legitimidade” que trouxe implicações significativas para o futuro da democracia participativa e da cidadania multicultural. Os argumentos foram baseados em uma etnografia colaborativa de audiências de programas jornalísticos espalhadas pelo Reino Unido, incluindo audiências de diversas línguas e etnias. Usando um quadro de referência Weberiano, o artigo analisa o padrão das respostas dos entrevistados com relação às justificativas dadas para a guerra, e avalia as implicações do “déficit de legitimidade’ para a política de segurança internacional do Reino Unido.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Gillespie, M. (2007). Negotiating legitimacy: media publics and security policy in multi-ethnic Britain. E-Compós, 10. https://doi.org/10.30962/ec.189
Seção
Dossiê Temático