O que há e o que falta nos estudos sobre recepção e leitura na web?

  • L. Graciela Natansohn
Palavras-chave: Recepção, Cibercultura, Leitura web

Resumo

O propósito deste artigo é discutir a vigência teórico-metodológica de algumas categorias amplamente utilizadas na pesquisa de recepção de cunho culturalista, perante a análise do consumo de informação na web. Se pesquisar a recepção nas mídias tradicionais tem sido tarefa complexa, seja pela necessidade de uma abordagem multimetodológica, ou pela instabilidade dos seus resultados, enfrentar a análise do consumo de mídia digital coloca outros desafios ainda pouco ponderados. Os micro processos de interação no mundo digital estão gerando novas categorias de análise, que falam do teor fortemente tecnológico da nova discussão. Texto, leitura e atividade, temas clássicos dos estudos de recepção, precisam de redefinições orientadas para o hipertexto, a navegação e a interação. A tarefa deste artigo se enquadra na tentativa de mapear e revisar estas categorias, em prol de uma teoria sobre a leitura em suporte digital.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Natansohn, L. G. (2007). O que há e o que falta nos estudos sobre recepção e leitura na web?. E-Compós, 10. https://doi.org/10.30962/ec.191
Seção
Dossiê Temático