História e identidade: apontamentos epistemológicos sobre a fundação e fundamentação do campo comunicacional

  • Luiz C. Martino
Palavras-chave: História da comunicação, Epistemologia da comunicação, Campo da comunicação

Resumo

Diversidade e fragmentação são características freqüentemente apontadas na definição de nosso domínio de saber. Esta configuração do campo acaba sendo empregada como uma constatação, da qual partem a grande maioria da reflexão epistemológica, sem que portanto haja qualquer exame crítica a respeito. A tese aqui desenvolvida é que a falta de reflexão epistemológica faz da maior parte de nossos estudos sobre a história do campo um material pouco aproveitável enquanto tal, e por outro lado, a falta de sentido histórico é uma das fontes da ilusão de termos uma visão do campo como sendo muito extenso e variado, e portanto insondável.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Martino, L. C. (2004). História e identidade: apontamentos epistemológicos sobre a fundação e fundamentação do campo comunicacional. E-Compós, 1. https://doi.org/10.30962/ec.22
Edição
Seção
Artigos Originais