Vínculos sonoros na diáspora: Investigando a teia de afetos entre migrantes e o rádio expandido

  • Bárbara Maia Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Marcelo Kischinhevsky Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Belén Monclús Universitat Autònoma de Barcelona, Espanha
Palavras-chave: Rádio, Vínculo, Som, Identidade, Diáspora

Resumo

O artigo investiga os vínculos afetivos construídos através da escuta radiofônica por brasileiros em condição de diáspora. Parte-se do conceito de rádio expandido e da sociologia do afeto para se discutir em que medida essa audiência diaspórica constrói sentido para a escuta, num processo de afirmação identitária, de (re)conexão com a língua pátria e também de negociação para se inserir numa outra cultura. O percurso da pesquisa inclui análise qualitativa de 20 entrevistas semiestruturadas feitas com brasileiros que vivem em Barcelona, buscando compreender como constroem sentido para a comunicação sonora e em que medida o rádio expandido oferece um entre-lugar para o migrante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Maia , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, com bolsa FAPERJ. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná, onde foi bolsista da CAPES. Tem por tema principal de pesquisa os processos de convergência na radiofonia e os procedimentos metodológicos nas pesquisas da audiência. Realizou estágio de doutorado sanduíche na Universitàt Autònoma de Barcelona com bolsa Capes Print.

Marcelo Kischinhevsky, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Doutor em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ). Diretor do Núcleo de Rádio e TV da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), professor dos cursos de Jornalismo e de Rádio e TV da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e também do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), da Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCS/UERJ). Coordena os Grupos de Pesquisa (GPs) Rádio e Mídia Sonora, da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), e Mediações e Interações Radiofônicas, listado no CNPq.

Belén Monclús, Universitat Autònoma de Barcelona, Espanha

Doutora em Comunicação Audiovisual pela Universidade Autônoma de Barcelona (UAB, Espanha). Professora do Departamento de Comunicação e Publicidade Audiovisual da Universidade Autônoma de Barcelona, coordenadora do Observatório de Rádio da Catalunha (GRISS-UAB) e presidente da Seção de Rádio da European Communication Research and Education Asociation (ECREA).

Referências

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento. Trad. Guido de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

ANDERSON, Benedict. Imagined communities. Londres: Verso, 1983.

APPADURAI, Arjun. Soberania sem territorialidade: notas para uma geografia pós-nacional. Novos Estudos, n. 49, nov/97.

APPADURAI, Arjun. Disjuncture and difference in the global culture economy. In: FEATHERSTONE, Mike (org.). Global culture: Nationalism, globalization and modernity. Londres: Sage, 1991.

ARNHEIM, Rudolf. Estética radiofônica. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1980.

BATISTA, Roberta Rangel; BONOMO, Mariana. Representações sociais de imigração e imigrantes em mídia espanhola, italiana e portuguesa. Quaderns de Psicologia, Barcelona, v.19, n.3, p. 211-227, 2017.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2003.

BIANCO, Nelia R. Del; ESCH, Carlos Eduardo; MOREIRA, Sonia Virginia. Mudanças e permanências na radiodifusão pública da América Latina. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, v. 12, p. 30-42, 2015.

CEBRIÁN HERREROS, Mariano. La radio en Internet: de la ciberradio a las redes sociales y la radio móvil. Buenos Aires: La Crujía, 2008.

CHARAUDEAU, Patrick. Problemas de análises das mídias. In: MEDITSCH, Eduardo (org.). Teorias do rádio – textos e contextos – vol. I. Florianópolis: Insular, 2005.

COGO, Denise. Latino-americanos em diáspora: uso de mídias e cidadania das migrações transnacionais. Rio de Janeiro: Tríbia, 2012.

EBERHARDT, Leonardo Dresch; MIRANDA, Ary Carvalho de. Saúde, trabalho e imigração: revisão da literatura científica latino-americana. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 41, n. Especial, p. 299-312, jun, 2017.

ELHAJJI, Mohammed. Mapas subjetivos de um mundo em movimento: migrações, mídia étnica e identidades transnacionais. Revista Eptic On-Line, vol. XIII, n. 2, 2011.

ELHAJJI, Mohammed; MALERBA, João Paulo. Dos usos comunitários da webradiofonia no contexto migratório transnacional. REMHU – Rev. Interdiscip. Mobil. Hum., Brasília, Ano XXIV, n. 46, p. 109-127, 2016.

FARIA, Ederson; SOUZA, Vera Lúcia Trevisan. Sobre o conceito de identidade: apropriações em estudos sobre formação de professores. Revista da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 35-42, 2011.

FERNÁNDEZ, José Luis. La captura de la audiencia radiofónica. Buenos Aires: Liber Editores, 2012.

FERNÁNDEZ, José Luis (dir.). La construcción de lo radiofónico. Buenos Aires: La Crujía, 2008.

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio – O veículo, a história e a técnica. 3ª ed. Porto Alegre: Doravante, 2007.

FERRARETTO, Luiz Artur; KISCHINHEVSKY, Marcelo. Rádio (verbete). In: MELO, José Marques de (org.). Enciclopédia Intercom de Comunicação – Dicionário Brasileiro do Conhecimento Comunicacional. São Paulo: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, v. 1, pp. 1009-1010, 2010.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Centauro: São Paulo, 2006.

HAYE, Ricardo. Sobre o discurso radiofônico. In: MEDITSCH, Eduardo (org.). Teorias do rádio – textos e contextos – vol. I. Florianópolis: Insular, 2005.

KASEKER, Mônica Panis. Modos de ouvir – a escuta do rádio ao longo de três gerações. Curitiba: Champagnat/ Editora PUCPR, 2012.

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Radio y medios sociales: mediaciones e interacciones radiofónicas digitales. Barcelona: UOC, 2017.

MENEZES, José Eugenio de Oliveira. Cultura do ouvir: os vínculos sonoros na contemporaneidade. Líbero, São Paulo, ano XI, n. 21, jun, 2008.

KLÖCKNER, Luciano. Nova retórica e rádio informativo: estudo das programações das emissoras TSFPortugal e CBN-Brasil. Porto Alegre: Evangraf, 2011.

LOPEZ, Debora Cristina. Radiojornalismo hipermidiático: tendências e perspectivas do jornalismo de rádio all news brasileiro em um contexto de convergência tecnológica. Covilhã: LabcomBooks, 2010.

MORAGAS SPA, Miguel de. Perspectiva semiótica da comunicação radiofónica. In MEDITSCH, Eduardo; ZUCULOTO, Valci (org.). Teorias do rádio – textos e contextos – vol. II. Florianópolis: Insular, 2008.

MEDITSCH, Eduardo. O rádio na era da informação – Teoria e técnica do novo radiojornalismo. Florianópolis: Insular, 2001.

MENESES, Antonio; RODRIGUES, Francilene; VALE, Ana Lia. Trocas e intercâmbios culturais: uma abordagem etnográfica das festas de forró e reggae na transfronteira Brasil (Bonfim)/Guiana (Lethem). Revista Territórios & Fronteiras. Cuiabá, vol. 8, n. 2, p. 154-169, 2015.

NERCOLINI, Marildo. A Música Popular Brasileira repensa identidade e nação. Revista Famecos, v. 13, n. 31, p. 125, 2006.

NUNES, Mônica Rebecca Ferrari. O Mito no Rádio: a voz e os signos de renovação periódica. São Paulo: Annablume, 2004.

ORTIZ, Renato. Imagens do Brasil. Revista Sociedade e Estado. São Paulo, v. 28, n. 3, p. 609-633, set.-dez. 2013.

SAQUET, Marcos Aurelio; MONDARDO, Marcos Leandro. A construção de territórios na migração por meio de redes de relações sociais. Revista Nera, Presidente Prudente, ano 11, n. 13, p. 118-127, 2008.

SOUSA, Mauro Wilton de. O pertencimento ao comum mediático: a identidade em tempos de transição. Significação: Revista de Cultura Audiovisual, v. 37, n. 34, p. 31, 2010.

SIMMEL, Georg. O Estrangeiro. RBSE, v. 4, n. 12, p. 265-271, 2005.

TAYLOR, Charles. As fontes do self — A construção da identidade moderna. São Paulo: Edições Loyola, 1997.

TORRES, Marcos Alberto. Tambores, rádios e vídeoclipes: sobre paisagens sonoras, territórios e multiterritorialidades. GeoTextos, v.7, n.2, dez, p. 69-83, 2011.

WINOCUR, Rosalía. Ciudadanos mediáticos: La construcción de lo público en la radio. Barcelona: Gedisa, 2002.

Publicado
24-09-2020
Como Citar
Maia , B., Kischinhevsky, M., & Monclús, B. (2020). Vínculos sonoros na diáspora: Investigando a teia de afetos entre migrantes e o rádio expandido. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.2229
Seção
Ahead of Print