Mais que um grupo de Facebook:

Experimentações sociais e lógicas específicas de midiatização no LDRV

Palavras-chave: Grupos de Facebook, LDRV, Midiatização, Circulação, Comunicação

Resumo

Este artigo se propõe a discutir as lógicas específicas de midiatização do grupo LDRV, formado no Facebook. Através de observação participante, chega-se a três lógicas de midiatização: apropriação, contra repetição e negociação, manifestadas em usos, apropriações, operações e códigos acionados no grupo, revelando características internas de funcionamento do arranjo e em relação ao contexto social. Pondera-se que a microambiência criada pelo grupo é porosa a transversalidade da midiatização e, apesar de tentar ser fechada, é vazada ao macroambiente. Isso pode ser visto, por exemplo, em situações em que o grupo é absorvido pela indústria cultural e transformado em capital econômico. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Duarte Bueno de Godoi, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

Mestre em Ciências da Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda, pela Unochapecó.

Ana Paula da Rosa, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

Doutora em Ciências da Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Referências

BATISTA, Micheline Dayse Gomes. Entre a rede e a comunidade: interação e comunicação nos grupos do Facebook–o caso do Direitos Urbanos| Recife. 2015. 326 p. Tese (Doutorado em Sociologia) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, 2015.

BOURDIEU, Pierre. Coisas ditas. Cidade: São Paulo. Brasiliense, 1990.

BRAGA, José Luiz. Comunicação, disciplina indiciária. Matrizes, São Paulo, n. 2, p. 73-88, abr. 2008. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/38193>. Acesso em: 24 fev. 2020.

BRAGA, José Luiz. Dispositivos interacionais. ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, v. 20, p. 1-15, 2011. Disponível em: <https://bit.ly/2HepIhA>. Acesso em: 12 out. 2019.

BRAGA, José Luiz. Circuitos versus campos sociais. In: MATOS, Maria Ângela; JANOTTI JUNIOR, JADER; JACKS, Nilda Aparecida (Org.). Mediação e midiatização: Livro Compós 2012. Salvador/Brasília: UFBA/COMPÓS, 2012.

BRAGA, José Luiz. Lógicas Da mídia, lógicas da midiatização. In: FAUSTO NETO, Antonio; ANSELMINO, Natalia Raimondo; GINDIN, Irene Lis (Org.). CIM – Relatos de Investigaciones sobre mediatizaciones. Rosário: UNR Editora, 2015.

COSTANTINO, Fernanda; BARATA, Luiza. Espaços híbridos e ressignificações: o exemplo do grupo de Facebook LDRV. In: 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. INTERCOM, 2017, Curitiba. Anais eletrônicos. Disponível em: <https://bit.ly/2RxVda2>. Acesso em: 10 mar. 2019.

FAUSTO NETO, Antonio. A circulação além das bordas. Mediatización, Sociedad y Sentido: Diálogos brasil y Argentina. Rosário: UNR, 2010. P. 2-17. Disponível em: <http://www.fcpolit.unr.edu.ar/wp-content/uploads/Mediatizaci%C3%B3nsociedad-y-sentido.pdf>. Acesso em: 03 ago. 2018.

FERREIRA, Jairo. As metamorfoses da circulação: fluxos às questões de reconhecimento. In: CASTRO, Paulo Cesar (Org.). A circulação discursiva: entre produção e reconhecimento. 1ed. Maceio: EDUFAL, 2017, v. 1, p. 109-124.

GOMES, Pedro Gilberto. Dos meios à Midiatização: um conceito em evolução. São Leopoldo: UNISINOS, 2017.

HEPP, Andreas. As configurações comunicativas de mundos midiatizados: pesquisa da midiatização na era da “mediação de tudo”. Revista Matrizes, São Paulo, v. 8. n. 1, Jan/jun/2014. Disponível em <http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/82930>. Acesso em: 12 nov. 2018.

HJARVARD, S. The mediatization of society: a theory of the media as agensts of social and cultural change. Nordicom Review, 29(2), p. 105-134, 2008. Acesso em: 12 nov. 2018.

INOCÊNCIO, Luana. High By The Sarrada: videomemes musicais, ativismo de fãs e performances de gosto nos sites de redes sociais. In: Anais do 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Curitiba: INTERCOM. 2017.

NUNES, Maira de Souza et al. God save the queer: mobilização e resistência Antimainstream no facebook. 2017. 365 p. Tese (Doutorado em Comunicação e Linguagens) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens, Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), Curitiba, 2017.

SCHERER, Fernanda. Consumo Midiático em Comunidade Online: Um Estudo Sobre o Mundo T-GIRL. 2016. 202 p. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, 2016.

VELOSO, Ana Clara. As manas do ldrv e o mundo lgbtqi em perspectiva. ÉPOCA, 2019. Disponível em: <https://epoca.globo.com/sociedade/as-manas-do-ldrv-o-mundo-lgbtqi-em-perspectiva-1-24092979>. Acesso em 10 ago. 2020.

Publicado
18-01-2021
Como Citar
de Godoi, R., & Paula da Rosa, A. (2021). Mais que um grupo de Facebook:: Experimentações sociais e lógicas específicas de midiatização no LDRV. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.2330
Seção
Ahead of Print