Transparência online e comunicação pública no âmbito municipal

Examinando ferramentas digitais de controle público

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30962/ec.2664

Palavras-chave:

Transparência, Comunicação Pública, Democracia Digital, Administração Municipal

Resumo

Este trabalho elabora um diagnóstico detalhado sobre em que medida sites de prefeituras de municípios da Região Sul do Brasil favorecem a transparência pública. O estudo comparativo englobou um levantamento a) dos aspectos exigidos por lei e b) de elementos que superam tais demandas em 21 cidades. Os resultados, obtidos por meio de navegação orientada e observação sistemática, revelam que parte considerável das obrigações legais tem sido cumprida, mas que ainda há falhas. O registro de ferramentas avançadas sugere que a legislação precisa ser atualizada com frequência. O artigo é relevante por oferecer um quadro analítico que traz avanços aos estudos sobre comunicação e políticas públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Naiza Comel, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Paraná, Brasil

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Francisco Paulo Jamil Marques, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Paraná, Brasil

Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (PPGCP) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Líder dos Grupos de Pesquisa Comunicação, Política e Tecnologia (PONTE/UFPR) e Discurso, Comunicação e Democracia (DISCORD/UTFPR), ambos registrados no Diretório do CNPq.

Referências

ALMADA, M. Avaliação da e-Transparência em portais de governos nacionais. Tese (Doutorado em Comunicação) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017.

AMORIM, P. Democracia e Internet. Tese (Doutorado em Comunicação) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

ARAUJO, J.; TEJEDO-ROMERO, F. Local government transparency index. International Journal of Public Sector Management, v. 29, n. 4, p. 327-347, 2016.

BAUHR, M.; GRIMES, M. Indignation or resignation: the implications of transparency for societal accountability. Governance, v. 27, n. 2, p. 291-320, 2014.

BAUME, S.; PAPADOPOULOS, Y. Transparency. Critical Review of International Social and Political Philosophy, v. 21, n. 2, p. 169-192, 2018.

BEARFIELD, D.; BOWMAN, A. Can You Find It on the Web?. American Review of Public Administration. v. 47, n. 2, p. 172-188, 2017.

BERLINER, D. The political origins of transparency. The Journal of Politics, v. 76, n. 2, p. 479-491, 2014.

COELHO, T. et al. Transparência governamental nos estados e grandes municípios brasileiros. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, v. 23, n. 75, p. 235-260, 2018.

COMEL, Naiza. Transparência na casa do cidadão: uma avaliação dos websites de prefeituras da Região Sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Comunicação) − Setor de Artes, Comunicação e Design, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2021.

CRUZ, C. et al. Transparência da gestão pública municipal. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 46, n. 1, p. 153-176, 2012.

DA CRUZ, N. et al. Measuring Local Government Transparency. Public Management Review, v. 18, n. 6, p. 866-893, 2015.

DUARTE, J. Instrumentos de comunicação pública. In: DUARTE, J. (Org.). Comunicação Pública. São Paulo: Atlas, p. 59-71, 2009.

ESTELLER-MORÉ, A.; POLO OTERO, J. Fiscal Transparency. Public Management Review, v.14, n. 8, p. 1153-1173, 2012.

ETZIONI, A. The limits of transparency. In: Transparency, Society and Subjectivity. Cham: Palgrave Macmillan, p. 179-201, 2018.

FILGUEIRAS, F. Burocracias do controle, controle da burocracia e accountability no Brasil. In: PIRES, R.; LOTTA, G.; OLIVEIRA, V. (Org.). Burocracia e políticas públicas no Brasil. Brasília: Ipea, p. 355-381, 2018.

FUNG, A. Infotopia: Unleashing the Democratic Power of Transparency. Politics & Society, v. 41, n. 2, p. 183-212, 2013.

HARRISON, T.; SAYOGO, D. Transparency, participation, and accountability practices in open government. Government Information Quarterly, v. 31, n. 4, p. 513-525, 2014.

HEALD, D. Varieties of transparency. In: HOOD, C; HEALD, D. Transparency. Oxford: Oxford University Press, p. 25-43, 2006.

HELD, D. Models of democracy. Polity, 2006.

HERMAN, F.; MARQUES, F.P.J.; MIOLA, E. What factors influence the quality of digital transparency in local governments? Evidence from the Brazilian case. Opinião Pública, 2022.

HOLLYER, J.; ROSENDORFF, B.; VREELAND, J. Democracy and transparency. The Journal of Politics, v. 73, n. 4, p. 1191-1205, 2011.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, Regiões Geográficas, 2017. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/apps/regioes_geograficas. Acesso em: 17 fev. 2022.

JAMBEIRO, O. et al. Poder local e transparência. Salvador: EdUFBA, 2020.

JAMBEIRO, O.; BORGES, J.; ANDRADE, R. Acessibilidade, Navegabilidade e Conteúdos em Portais e Websites de Governo Eletrônico em Capitais Brasileiras. Comunicação & Informação, v. 9, n. 2, p. 200-213, 2013.

JAMBEIRO, O.; OLIVEIRA, M.; MATA, V. Ferramentas de participação e transparência em websites de prefeituras brasileiras. Comunicação & Inovação, v. 19, n. 40, p. 123-143, 2018.

JUSTICE, J.; MCNUTT, J. Social capital, E-Government, and fiscal transparency in the states. Public Integrity, v. 16, n. 1, p. 5-24, 2013.

KNIESS, A. B.; MARQUES, F.P.J. Como o agente fiscalizador utiliza a comunicação online? A ideia de transparência pública nas redes sociais da Controladoria-Geral da União. Opinião Pública, v. 27, p. 90-126, 2021.

LOWATCHARIN, G.; MENIFIELD, C. Determinants of Internet-enabled Transparency at the Local Level. State and Local Government Review, v. 47, p. 102-115, 2015.

MARGETTS, H. The internet and transparency. The Political Quarterly, v. 82, p. 518-521, 2011.

MARQUES, F.P.J. Internet e Transparência Política. In: MENDONÇA, R.; FILGUEIRAS, F.; PEREIRA, M. (Org.). Democracia Digital. Belo Horizonte: Ed. UFMG, p. 55-78, 2016.

MIOLA, E., MARQUES, F.P.J. Por uma definição de comunicação pública. In: VII Congresso da Compolítica, 2017, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, p. 1-22, 2017.

MEIJER, A. Understanding modern transparency. International Review of Administrative Sciences, v. 75, n. 2, p. 255-269, 2009.

MINISTÉRIO Público Federal. Portal do Ranking Nacional da Transparência. 2019. Disponível em: http://www.rankingdatransparencia.mpf.mp.br/. Acesso em: 17 fev. 2022.

PINHO, J. Investigando portais de governo eletrônico de estados no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 42, n. 3, p. 471-493, 2008.

RODRIGUES, M. Governança digital e transparência pública. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – Setor de Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

SAEZ-MARTIN, A.; CABA-PEREZ, C.; LOPEZ-HERNANDEZ, A. Freedom of information in local government. Local Government Studies, v. 43, n. 2, p. 245-273, 2016.

SCHUDSON, M. The Shortcomings of Transparency for Democracy. American Behavioral Scientist, p. 1-9, 2020.

SIMELIO, N. et al. Journalism, transparency and citizen participation. Information, Communication & Society, v.22, p. 369-385, 2017.

SOUZA, F. et al. Índice de transparência municipal. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 3, n. 3, p. 94-113, 2013.

TEJEDO-ROMERO, F.; ARAUJO, J. Determinants of local governments’ transparency in times of crisis. Administration & Society, v. 50, n. 4, p. 527-554, 2015.

Downloads

Publicado

08-11-2022

Como Citar

Comel, N., & Marques, F. P. J. (2022). Transparência online e comunicação pública no âmbito municipal: Examinando ferramentas digitais de controle público. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.2664

Edição

Seção

Ahead of Print