A presença de “Iracema, uma transa amazônica” (1974) no cinema brasileiro

  • Pedro Vinicius Asterito Lapera
Palavras-chave: Estudos culturais, raça, cinema brasileiro.

Resumo

Configurando práticas discursivas presentes na hierarquia social brasileira, as categorias raciais encontram-se na estrutura dramática de diversos filmes nacionais. Este trabalho pretende analisar o filme Iracema, uma transa amazônica (1974), dos diretores Jorge Bodansky e Orlando Senna, para compreender como as retóricas do nacional e da raça complementam-se e se contradizem. Partimos da hipótese de que o filme articula uma transição entre duas formações discursivas: a do nacional-popular e a identitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
26-01-2009
Como Citar
Lapera, P. V. A. (2009). A presença de “Iracema, uma transa amazônica” (1974) no cinema brasileiro. E-Compós, 11(2). https://doi.org/10.30962/ec.304
Seção
Artigos Originais