Dias estranhos: publicidade e espetáculo

  • Marta de Araújo Pinheiro
Palavras-chave: Publicidade, Espetáculo, Experiência,

Resumo

A publicidade é hoje um dispositivo de experimentações que coloca impasses para a cultura contemporânea. Ao ter como propósito deixar no usuário/consumidor uma sensação que deverá ser lembrada a qualquer momento, ela se reapropria do espetáculo no sentido de que ele envolve o espectador. A hipótese é de que esse novo uso da linguagem não é só devido aos desafios provocados pelas novas interfaces, pelo excesso de informação e pela cultura digital acelerada e dispersa. Ele é também devido às solicitações da sociedade pós-industrial que cria zonas indiscerníveis entre cotidiano e espetáculo, experiência e ilusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-02-2010
Como Citar
Pinheiro, M. de A. (2010). Dias estranhos: publicidade e espetáculo. E-Compós, 12(3). https://doi.org/10.30962/ec.412
Seção
Artigos Originais