Do lado de fora do jardim encantado: comunicação e desencantamento do mundo

  • Malena Segura Contrera
Palavras-chave: desencantamento do mundo, mídia, incomunicação

Resumo

Os jornais apresentam diariamente os desdobramentos contemporâneos das transformações sócio-culturais ocorridas nos últimos séculos, os resultados do capitalismo tardio que estendeu seus braços à maior parte do mundo, com a consequente globalização econômica e suas rachaduras, suas incongruências, sua insustentabilidade. No entanto, muito pouco se fala, nos jornais ou fora deles, a respeito da visão de mundo que subjaz e sustenta esse paradigma sócio-econômico, vigente tanto no território da ciência e da tecnologia, quanto no território da ética e da religião que as balizam. Pouca coisa também se tem falado a respeito das profundas transformações semióticas ocorridas nesse cenário, de como as sociedades contemporâneas tecnológicas vêm operando uma profunda crise nos processos de significação, que põem do avesso os sentidos partilhados e as comunicações que a partir deles se constroem. Utilitarismo e visão maquínica são heranças históricas que nos levam a esse atual cenário de desencantamento que passa necessariamente pela relação do homem com seu meio ambiente e com outros homens, logo, por suas relações comunicativas, bem como pelo avesso dessas relações, pelos processos por meio dos quais se constrói o fenômeno da incomunicação. O artigo se propõe a resgatar o sentido comum presente nos termos comunicação e comunhão, analisando as origens desses dois processos em busca de sua raiz comum e da discussão acerca das condições sócio-culturais que promoveram, em determinado momento de nossa história, uma dissociação entre esses dois processos, dissociação essa a partir da qual o sentido de comunicação se transformou radicalmente, favorecendo a imposição de uma visão meramente funcional e utilitarista sobre comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-02-2010
Como Citar
Contrera, M. S. (2010). Do lado de fora do jardim encantado: comunicação e desencantamento do mundo. E-Compós, 12(3). https://doi.org/10.30962/ec.432
Seção
Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)