Condenados pela primeira página: problematizando as relações entre jornalismo, ética e verdade

  • Rafael Fortes
Palavras-chave: Jornalismo, Ética, Jornal do Brasil, Juventude, Violência

Resumo

Dentre os tipos de produção midiática, o jornalismo se destaca pelo vínculo que, em tese, estabe-lece com a verdade, o que lhe confere notável poder, inserção e legitimação social. Partindo de uma discussão sobre o teor da pauta da mídia corporativa brasileira (FONTES, 2008), este artigo analisa um episódio: a “notícia” de capa do Jornal do Brasil (15 maio 2007) informando que tra-ficantes utilizam o sítio de relacionamentos Orkut para fazer apologia do crime e exibir armas. No dia seguinte, “descobriu-se” que, na verdade, as fotografias mostravam jovens atores durante a gravação de um filme policial. Longe de constituir um caso isolado, o ocorrido é típico e ajuda a lançar luz sobre aspectos relativos às rotinas produtivas e à linha editorial da mídia corporativa, como o fato de em momento algum o jornal ter admitido que “mentiu”. O trabalho também abor-da implicações éticas e políticas de tal prática jornalística.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
29-06-2010
Como Citar
Fortes, R. (2010). Condenados pela primeira página: problematizando as relações entre jornalismo, ética e verdade. E-Compós, 13(1). https://doi.org/10.30962/ec.448
Seção
Artigos Originais