Visibilidades da eficácia do Estado, vocabulários penais e gestão política da segurança

  • Mercedes Celina Calzado
Palavras-chave: Insegurança. Visibilidade midiática. Vítimas. Gestão do Estado. Retórica criminal.

Resumo

O artigo aborda os procedimentos que tem o Estado para tornar visível a sua acção contra a violência urbana. A gestão da política de segurança é revelada através de ferramentas que o Estado tem frente ao cidadão-vítima na Argentina pós-crise de 2001. A análise é metodologicamente desenvolvido a partir de 1) exemplos de intervenção do Estado com as vítimas da insegurança e 2) entrevistas com funcionários pertencentes a áreas da política criminal do governo Nacional e da provincia de Buenos Aires. Quatro categorias são construídas de gestão de conflitos securitária: i) a política da mensagem, ii) o controle da visibilidade midiática iii) a segmentação de reparação, e iv) o uso da retórica criminal. Apesar da existência dessas formas de intervenção, conclui-se, a cada ato violento coloca de volta na mídia a incapacidade do Estado para cuidar da vítima. Palavras-chave Insegurança. Visibilidade midiática. Vítimas. Gestão do Estado. Retórica criminal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-06-2012
Como Citar
Calzado, M. C. (2012). Visibilidades da eficácia do Estado, vocabulários penais e gestão política da segurança. E-Compós, 15(1). https://doi.org/10.30962/ec.702
Seção
Artigos Originais