A Queda das Nações: O Destino dos Sistemas Sociais no Novo Ambiente Midiático

  • Lance Strate
Palavras-chave: McLuhan, media, media ecology, media environment, print media, electronic media, new media, nationalism, globalism

Resumo

Marshall McLuhan propôs uma visão midiacêntrica do mundo, expressa em seu famoso aforismo “o meio é a mensagem”. Este ponto de vista, e também o trabalho de McLuhan como acadêmico, foram deliberadamente sufocados por muitos anos, até a internet tornar-se um fenômeno popular na década de 1990. As observações de McLuhan a respeito de eletricidade, tecnologia elétrica e mídia eletrônica, que resultaram na mudança no ambiente mediático da galáxia de Gutenberg para a Via Láctea de Marconi, são essenciais para entender as novas mídias que apareceram nas duas últimas décadas. Ao examinar especificamente a relação entre mídias e organização social, a ascensão do nacionalismo e do Estado-nação é rastreada até a revolução da imprensa no início da Europa moderna, ao passo que, por um lado, as tendências contemporâneas ao globalismo e, por outro lado, a novas formas de localismo e tribalismo, estão associadas com as comunicações eletrônicas e com as novas mídias. Palavras-chave McLuhan, mídia, ecologia midiática, ambiente midiático, mídia impressa, mídias eletrônicas, novas mídias, nacionalismo, globalismo

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
21-03-2012
Como Citar
Strate, L. (2012). A Queda das Nações: O Destino dos Sistemas Sociais no Novo Ambiente Midiático. E-Compós, 14(3). https://doi.org/10.30962/ec.719
Seção
Dossiê Temático