Publicidade no serviço público

A compra de mídia sob a ótica da razoabilidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30962/ec.2591

Palavras-chave:

Publicidade governamental, Comunicação pública, Compra de mídia, Mídia técnica, Razoabilidade

Resumo

A identificação e a análise empírica de critérios e diretrizes utilizados pelos órgãos anunciantes da administração pública federal na aplicação de recursos em publicidade busca, nesta abordagem, detectar condutas que favoreçam o aprimoramento das políticas de investimentos públicos em mídia sob a ótica da razoabilidade. No panorama da comunicação pública de 2017 a 2020, o estudo contempla a atuação de três órgãos anunciantes no mercado publicitário brasileiro: Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom-PR), Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, além da atuação complementar do Tribunal de Contas da União.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabelle Bento dos Santos Silva, Universidade de Fortaleza, Fortaleza, Ceará, Brasil

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará (2008). Possui pós-graduação (MBA) em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2016) e Mestrado em Administração Profissional pela Universidade de Fortaleza (2021). Acumula experiência na área de Comunicação, com ênfase em publicidade, comunicação pública, comunicação organizacional, produção audiovisual e assessoria de imprensa. É gerente executiva na empresa Banco do Nordeste do Brasil.

Tiago Jessé Souza de Lima, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Doutor em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com estágio de doutorado no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. É Professor adjunto do Programa de Pós-graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações na Universidade de Brasília (UnB).

Referências

BARROSO, Luís Roberto. R. Os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade no Direito Constitucional. Boletim de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, p. 156-166, março, 1997.

BRANDÃO, E. P. Conceito de comunicação pública. In: DUARTE, J. Comunicação Pública: Estado, mercado, sociedade e interesse público. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

BRASIL. Instrução Normativa nº 1, 27 jul. 2017. Dispõe sobre a conceituação das ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências, 2017. Disponível em: <https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/19201676/do1-2017-07-28-instrucao-normativa-n-1-de-27-de-julho-de-2017-19201652>. Acesso em: 22 fev. 2021.

BRASIL. Instrução Normativa nº 2, 20 abr. 2018. Disciplina a publicidade dos órgãos e entidades do Poder Executivo federal e dá orientações complementares, 2018. Disponível em: <https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/12923710>. Acesso em: 18 out. 2020.

BUCCI, Eugênio. O Estado de Narciso: a comunicação pública a serviço da vaidade particular. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

CENP-MEIOS, P. Painel 2020 - JAN a SET - 217 agências. Portal Cenp, 2020. Disponível em: <https://cenp.com.br/cenp-meios?id=17>. Acesso em: 1 mar. 2021.

DENHARDT, Robert. Teorias da administração pública. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2017.

DUARTE, Jorge. Comunicação pública: estado, mercado, sociedade e Interesse público. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

FETTERMANN, Débora Feitoza. Critérios de Distribuição das verbas publicitárias oficiais: uma análise sobre limites e possibilidades. Orientadora: Janara Kalline Leal Lopes de Sousa. 2018.198 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Universidade de Brasília, Brasília, 2018. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/32409. Acesso em: 1 mar. 2021.

GODOY, Dudu. Os caminhos da publicidade pública. Meio e Mensagem, 2019. Disponivel em: <https://www.meioemensagem.com.br/home/opiniao/2019/01/07/os-caminhos-da-publicidade-publica.html>. Acesso em: 16 out. 2020.

KITA, Oscar. Publicidade na Administração Pública. Rio de Janeiro: Renovar, 2012.

KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 2003.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de Direito Administrativo. 15. ed. São Paulo: Malheiros, 2003.

ROLANDO, Stefano. A dinâmica evolutiva da comunicação pública. In: KUNSCH, Margarida (org.). Comunicação pública, sociedade e cidadania. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2011.

SECOM. Regionalização. Política de regionalização e desconcentração de mídia, 2016. Disponível em: <http://www.secom.gov.br/atuacao/midia/resultados-da-comunicacao-regionalizada-2013-2012>. Acesso em: 20 out. 2020.

SECOM. Anunciantes do Poder Executivo Federal - Remuneração de Agências de Propaganda. Secom, 2020. Disponível em: <http://antigo.secom.gov.br/acesso-a-informacao/licitacoes-e-contratos/anunciantes_do_poder_executivo_federal___remuneracao_de_agencias_de_propaganda.xlsx/view>. Acesso em: 25 nov. 2020.

SILVA, Luiz Martins da. Publicidade do poder, poder da publicidade. In: DUARTE, Jorge (org.). Comunicação Pública: Estado, mercado, sociedade e interesse público. São Paulo: Atlas, 2012.

TAMANAHA, Paulo. Planejamento de mídia: teoria e experiência. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de pesquisa em administração. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2016.

WEBER, Maria Helena. Estratégias da comunicação de Estado e a disputa por visibilidade e opinião. In: KUNSCH, Margarida. Comunicação pública, sociedade e cidadania. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2011.

YANAZE, Mitsuru Higuchi et al. Retorno de investimentos em comunicação: avaliação e mensuração. Rio de Janeiro: Senac, 2013.

ZANCANER, Weida. Razoabilidade e moralidade: princípios concretizadores do perfil constitucional do Estado social e democrático de direito. Revista Diálogo Jurídico, Salvador, p. 1-14, dez. 2001.

ZANCANER, Weida. Razoabilidade e Moralidade na Constituição de 1988. Revista Trimestral de Direito Público, São Paulo, 182-188, maio, 1991.

Downloads

Publicado

29-08-2022

Como Citar

Bento dos Santos Silva, I., & Souza de Lima, T. J. (2022). Publicidade no serviço público: A compra de mídia sob a ótica da razoabilidade. E-Compós. https://doi.org/10.30962/ec.2591

Edição

Seção

Ahead of Print